A TRISTE HISTÓRIA DE NICOLAU – PARTE 3

Padrão

Chegando á margem da BR 364, Nicolau fez um plano que consistia em pegar algumas varas de árvores e galhos finos para montar um falso sinal de trânsito, e assim o fez. Usou folhas avermelhadas para cobrir a ponta de sua lanterna e a pendurou no topo do falso sinal de trânsito. Alguma hora algum idiota iria acreditar que aquilo era um semáforo de verdade. Porém á meia noite o tráfego estava muito lento. Um carro passou, mas não parou. Porém um caminhão logo em seguida parou e ficou esperando a luz ficar verde.

Charlotte não pensou duas vezes e rapidamente correu em direção á cabine do caminhão e usou sua força sobre-humana para tirar o motorista do caminhão, afastou-se para Nicolau entrar, então Nicolau acelerou o caminhão e lentamente o caminhão saiu de inércia.

O motorista ficou intrigado com aquela situação: um garoto e uma macaca fizeram um falso semáforo, roubaram seu caminhão e saíram em disparada… E o pior: passaram mesmo com o sinal vermelho!

Nicolau e Charlotte estavam rindo bastante por terem conseguido executar seu plano tão louco, porém a risada de Charlotte era um tanto quanto esquisita, e piorou quando do nada saiu uma bola de pelos da sua boca. Nicolau ficou assustado, um tanto quanto pensativo e pensou “oh god… why?”.

O primeiro dia de viagem foi bem tranquilo, pois Charlotte o passou dormindo, e Nicolau já estava começando a se estressar com a inutilidade de Charlotte. Ás 13 horas Nicolau percebeu que o óleo combustível estava acabando, e parou em um posto de gasolina. Usou um pouco de suas economias para reabastecer, não o suficiente para encher o tanque. Nicolau observou que dois homens estavam o observando em um antigo carro da Ford. Nicolau escondeu o rosto e rapidamente pagou pelo abastecimento do caminhão e foi embora.

Com mais apenas 3 horas de viagem Nicolau foi obrigado a parar em um posto policial, e o policial pediu sua carteira e ele a deu (porém, uma que ele fizera com cartolina e uma foto sua 3×4 ) o policial fez uma cara indignada, olhou bem para Nicolau e disse: “ta bom!” e a devolveu. Em seguida o policial pediu para ver o carregamento do caminhão. Nicolau ficou nervoso, ele não tinha pensado nisso. E se aquela carga fosse ilegal? E se não tivesse documento? E se fosse roubada? Porém não havia nada a fazer, Nicolau foi em direção ás portas do baú do caminhão e as abriu. Para sua sorte, o container estava vazio, e o policial o deixou ir. Ainda bem que ele não pediu para ver a cabine, pois lá estava Charlotte dormindo, e ele seria preso por tráfico de animais silvestres.

Finalmente Nicolau e Charlotte chegam a Salvador. Nicolau foi pedir dinheiro em um sinal de uma das principais avenidas e quando conseguiu dinheiro suficiente, foi comprar um novo violão. Chegando na loja, ele escolheu o violão mais barato (que por sinal não era muito ruim) pois a questão financeira poderia vir a ser um problema. Chegando ao caixa para pagar o produto, o atendente do caixa comentou que sua tia deixou de ir ao Rio de Janeiro por motivos médicos e que agora estavam sobrando duas passagens e as ofereceu a Nicolau. Nicolau aceitou a proposta e o homem do caixa disse para pegá-las no dia seguinte ao meio dia. Nicolau assim fez, pegou as duas passagens, comprou uma peruca loira, um vestido rosa, colocou em Charlotte e foi para o aeroporto.

Chegando lá, Nicolau e Charlotte pegaram suas bagagens de mão e embarcaram no avião. Todos os passageiros ficaram pensativos, afinal, não é todo dia que você anda em um avião com uma macaca com peruca e vestido.

Quando desembarcaram no Rio de Janeiro, rapidamente policiais armados (inclusive os que observavam Nicolau no posto de gasolina) pararam Nicolau e Charlotte, dizendo para Nicolau se jogar no chão, abrir as pernas e colocar as mãos na cabeça, e assim o fez. Eles colocaram Charlotte em uma gaiola e prenderam Nicolau por zoofilia. Os policiais Ficaram indignados pelo fato de ninguém no aeroporto de Salvador perceber que Charlotte era uma macaca.

Nicolau passou 6 anos preso, e então finalmente conquistou sua liberdade no ano de 2011, quando ele tinha 22 anos. Ao sair da Prisão, Nicolau descobriu que  Charlotte teria a chamado para participar do “Programa da fuinha” em um quadro no qual acontecia um exame de DNA. Nicolau ficou assustado, e pensativo.

Chegando em São Paulo para a gravação do programa, Nicolau senta-se em um sofá na lateral do palco e Charlotte entra no palco com o vestido e a peruca que Nicolau comprou para ela e com uma cara furiosa se senta em outro sofá, no outro extremo do palco. Começa o programa ao vivo:

-Boa noite senhoras e senhores, no nosso DNA de hoje parece que temos um caso muito curioso: o nosso amigo Nicolau aqui teve um caso com a Charlotte que é uma macaca, então foi preso por zoofilia, e agora Charlotte quer que Nicolau assuma seu filho, mas tem uma coisa que não está se encaixando na história: o filho de Charlotte, Frederico, é uma alpaca! Isso mesmo!

Nicolau fia surpreso e pensa “what the fuck?”.

– É isso mesmo Charlotte? Conta essa aí pra gente!

-É isso sim fuinha! Esse safado vagabundo me engravidou! Esse “severgoinha”!

-Pera aí! Como vocês podem acreditar nessa história? Eu sou humano, ela é macaca e o filho é alpaca!

– Não tem desculpa seu safado! Falo “mermo”! “sé-ver-go-nhá”!

– Cala a boca aí bitch! Deixe o Nicolau falar!

– continuando, Seu fuinha: eu apenas beijei ela uma vez! É obvio que ela não engravidou de mim! E também é óbvio que não nasceria uma alpaca!

– pois é! Vamos conferir agora o teste de DNA! Negativo! Você não é pai de Frederico!

Charlotte ficou indignada com o resultado e arremessou o microfone na cara de Nicolau e mandou Nicolau e todo o programa da Fuinha e os telespectadores irem tomar no c*.

CONTINUA, NA QUARTA PARTE DE “A TRISTE HISTÓRIA DE NICOLAU!”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s