Catchulo Balls – Parte 3

Padrão

No outro dia na escola os Emus iniciaram uma empreitada para atrair Chico que morria de medo deles, isso tornava uma aproximação ainda mais difícil, além deles serem uns escrotos o fato de

Ta, a paixão de Chico ser uma deles dificulta ainda mais, quando ela chegava perto Chico ficava todo baitola.

– Maluco esse cara num e fácil não. Nós tem que dá um jeito ai nesse negócio.

– Parece que e mais viado que agente – disse Nhe

Então Nhe teve uma idéia genial, tão genial que fizeram-o pagar um lanche para eles, o plano era simples: deixavam Ta sozinha com Chico para seduzi-lo, o que não seria muito difícil e depois quando eles tivessem uma intimidade e ele a levasse para visitar a casa dele, ela procuraria a Catchulo Ball.

Essa parte não foi muito difícil. Chico estranhou a aproximação de Ta no inicio, mas logo achou que finalmente suas habilidades de sedução teriam funcionado, perguntou a Ta se podia leva-la para casa e levou a menina, ate pagou um taxi para ela, os outros dias foram uma maravilha para Chico que ficava cada vez mais apaixonado, até o dia em que Ta propôs a ele  um encontro a sós na casa dele.

– Mas é claro, quando vai ser?

– Bem hoje eu estou livre …

Chico logo se animou, até demais, tanto que correu em direção ao banheiro, na hora da saída correu para sua casa e tentou arrancar sua mãe de lá, para passar a noite com Ta. Deu um  calmante para a velha que caiu em sono profundo, na bula do calmante era receitado um único comprimido para longas horas de sono, mas Chico só por precaução deu para ela logo todo o conteúdo, com sorte ela acordaria em três ou cinco dias.

Estava tudo pronto, Pizza para o Jantar, a luz de velas, porque tinha faltado luz no bairro, agora era só esperar por Ta, que estava “completamente apaixonada” pelo coitado, quando ela chegou devorou o jantar  e foi para o quarto, começou olhando na gaveta das cuecas enquanto Chico já estava se despindo para o “vuco-vuco”, que ele esperou o dia todo, quando ele estava só com a cuequinha sexy do Bob Esponja, Ta viu bem ali embaixo do travesseiro de Chico a Catchulo Ball, a dificuldade seria para pegar, já que Chico estava em cima da cama se despindo.Ta não pensou duas vezes: tirou a camisa,  Chico todo alegrinho, desmaiou de tanta animação, foi a chance dela de pegar a Catchulo Ball e sair de lá o mais rápido possível.

Não demorou muito até chegar à casa de Pu, que estava com Nhe, os dois demoraram um pouco para abrir o portão, o que era muito estranho, além do fato de que Nhe estava envolvido em uma toalha, e Pu sem sua camisa. Mas isso não importava mais, o objetivo agora era falar com os Emus dos EUA e encontrar uma forma de unir as Catchulo Balls para invocarem o poderoso Catchulo.

– Pode deixar que eu ligo ‘pros’ mano – disse Pu

Ele começou a falar algo estranhamente:

– 私も、私のバスを支払うことを、サンパウロに来てあなたを必要と第二を発見し、我々はそこまで行くことができるまで私たちは、あなたを待っているが、私はお金がない.

– A é, foi mal aí ..

– I need you to come to São Paulo, we had found the second catchullo’s ball.  we are waiting for you, we could go there, but I don’t have money even to pay my bus.

(Preciso que vocês venham até São Paulo, encontramos a segunda catchullo’s Ball. estamos aguardando a de vocês, nós até poderíamos ir até ai, mas eu não tenho dinheiro nem pra pagar o meu ônibus).

– Os mano disseram que vão comprar as passagens o mais rápido possível e vão ligar pra marcar o dia, nós vamos ter que pegar eles no aeroporto.

Agora restava pouco para o fim, enquanto isso nosso herói continuava desmaiado no chão de seu quarto, talvez ainda sonhando com seu encontro romântico.

Anúncios

»

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s